Prefeituras de 26 cidades decretam moratória no PR

Prefeitos de 26 municípios da região do Vale do Ivaí, no norte do Paraná, onde vivem 310 mil pessoas, decidiram decretar moratória por 60 dias no pagamento de fornecedores. Como contenção de despesas, a maioria das prefeituras também passou a trabalhar em meio período. Segundo o presidente da Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi), Juarez Barreto de Macedo (PMDB), estão garantidos o pagamento da folha e atendimentos de saúde, educação e limpeza.Prefeito de Faxinal, município com 18,5 mil habitantes, Macedo disse que a crise é causada pela redução no valor recebido do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A queda, segundo ele, vem desde maio. "Nos últimos dois meses, eles (governo federal) mataram a gente", afirmou. "Não tem outra saída, senão uma medida de impacto para se reorganizar."Segundo o presidente da Amuvi, os municípios maiores possuem fontes próprias de arrecadação, principalmente o IPTU, e não sentem muitas dificuldades. "O Fundo de Participação dos Municípios é bico para eles", disse. Mas, para os pequenos, o FPM e o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) são fundamentais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.