Prêmio milionário da Mega-Sena agita pequena cidade no Rio Grande do Sul

Os 11,1 mil habitantes da pequena cidade de Fontoura Xavier, a 180 quilômetros de Porto Alegre, ainda não sabem quem ganhou os R$ 119 milhões sorteados nesta quarta

Elder Ogliari, O Estado de S. Paulo

07 Outubro 2010 | 18h02

PORTO ALEGRE - A notícia de que uma aposta feita na única lotérica da cidade ganhou o maior prêmio individual da história da Mega-Sena movimentou a pacata Fontoura Xavier, a 180 quilômetros de Porto Alegre, nesta quinta-feira.

 

Embora quase todos os 11,1 mil habitantes do município tenham passado o dia se perguntando quem é o felizardo que vai embolsar o prêmio de R$ 119 milhões por ter acertado as seis dezenas do concurso 1.220 sorteadas na noite de quarta-feira, ele não apareceu.

 

É possível até que o ganhador seja um dos tantos forasteiros que param na cidade, cortada pela BR-386, principal via de escoamento da produção agrícola do Estado, para se alimentar, reabastecer carros e caminhões ou descansar. Ele pode retirar o prêmio em qualquer agência da Caixa Econômica Federal do Brasil.

 

O ponto mais movimentado da cidade foi a Boa Sorte Loterias, cercado por curiosos interessados em descobrir a identidade do ganhador e também por jornalistas enviados a Fontoura Xavier por diversas emissoras de rádio e televisão e jornais da região. Como quase todos se conhecem no município, vizinhos desconfiam de vizinhos que poderiam estar escondendo a condição de milionários.

 

Moradores que saíram em viagem tornaram-se os mais citados como possíveis afortunados. "Mas os que eu sabia que tinham saído já voltaram", ressalvou, no final da tarde, Paulo Sérgio Pedroso, o dono da lotérica que, até agora, tinha como principal marca o pagamento de R$ 20 mil para um apostador da Loto Mania em 2002.

 

"A notícia mudou a rotina da cidade", relata o prefeito José Flávio Godoy da Rosa (PT), referindo-se ao assunto de todas as conversas do município. A preocupação, agora, é oferecer segurança para que o ganhador use seus recursos na cidade. "Se ele ficar vivendo aqui, gostaríamos que investisse alguma coisa no município", revela Rosa.

 

O prêmio de R$ 119 milhões é maior do que todos os dados econômicos de Fontoura Xavier. O município tem Produto Interno Bruto (PIB) anual próximo de R$ 80 milhões. O orçamento da prefeitura, de R$ 14 milhões por ano, é pouco superior a 10% do que vai ganhar o acertador da Mega Sena. A economia local é vinculada à lavoura de fumo, cultivo de erva-mate e suinocultura e também aos programas sociais. A renda dos 1.180 beneficiados pelo Bolsa Família e dos aposentados é significativa no movimento financeiro local.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.