Presa com cocaína em Cumbica entrega traficante

O nervosismo de Jucélia Marina Zanos, de 24 anos, na fila do check-in, no Aeroporto Internacional deSão Paulo, em Cumbica, Guarulhos, por volta das 18h30, chamou a atenção do pessoal da Força Tarefa, formada por agentes da Receita Federal e da Polícia Federal. Eles encontraram numa de suas malas, 5,2 quilos de cocaína. Interrogada, ela entregou o traficante que a contratou. Pouco depois ele era preso no estacionamento.Jucélia pretendia embarcar em um vôo da Libéria, com destino a Barcelona, na Espanha. Lá, faria conexão para a Turquia. Pressionada pelos agentes, ela afirmou que era apenas uma "mula" - pessoa que transporta a droga por ordem de traficantes - e os levou ao estacionamento onde ainda se encontrava seu contratante, o brasileiro de origem árabe Mohamed Fuad Alderderi Neto. A dupla foi autuada em flagrante pelo delegado federal Paulo César de Oliveira. Ambos vão responder por crime de tráfico de drogas, formação de quadrilha e envolvimento com o narcotráfico internacional. Podem ser condenados a até 15 anos de prisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.