Presa dupla acusada de assaltar e abandonar idoso em matagal

Um corretor de imóveis de 70 anos foi foi atacado no início da manhã desta quarta-feira, na região de Pirajuçara, quando colocava placa de venda em um terreno. Ele foi dominado por três homens, um deles armado, que o obrigaram a entrar em seu Gol branco e o levaram em direção ao Jardim Celeste.No trajeto, o corretor recebeu socos. Em seguida, ele foi colocado no porta-malas. Depois de rodar mais algum tempo, os bandidos seguiram para Cotia, na Grande são Paulo, onde tentaram sacar dinheiro da conta da vítima, sem sucesso. Os ladrões decidiram então amarrar pés e mãos do corretor, que também teve a boca coberta com fita adesiva e foi deixado em um matagal.Depois de três horas amarrado, ele conseguiu rasgar a fita adesiva e gritar por socorro, chamando a atenção de guardas civis, que o libertaram. Enquanto isso, policiais militares cruzaram com o Gol na Avenida Professor Manoel José Pedroso e suspeitaram dos ocupantes. Quando se aproximaram, os bandidos fugiram, dando início à perseguição, que terminou na Estrada Pedreira-Eldorado, onde foi montado um cerco.O ladrão que dirigia chocou o veículo contra uma cerca de arame e os assaltantes fugiram pelo mato. Mesmo com o apoio do helicóptero Águia, os policiais não conseguiram localizar o trio. No início da noite, o morador de um condomínio da região estranhou os latidos de seus cachorros e chamou a Polícia. Os PMs entraram no condomínio e localizaram dois dos bandidos. Cássio Henrique da Silva Santos, de 19 anos, e Thiago Donizete dos Santos, de 21, foram reconhecidos pelo corretor. Os dois foram encaminhados aos Distrito Policial Central de Cotia e autuados em flagrante. O terceiro bandido ainda não foi localizado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.