Presa loira procurada por seqüestro de criança em SP

Investigadores da Delegacia de Vila Penteado, na zona Norte da capital paulista, detiveram, na noite de ontem, Lucimeira Lima Santos, de 26 anos, a loira conhecida como "Meire", que fugiu seminua, atirando contra policiais militares e civis no último dia 22, da favela localizada na Rua Clara Nunes, no Jardim Elisa Maria. A criminosa, quando quase foi cercada pelos policiais, mantinha em cativeiro um menino, de 7 anos de idade, filho de um comerciante, seqüestrado um dia antes.Meire, que trabalhava na boate do pai do menino seqüestrado, foi encontrada no primeiro local vistoriado ontem pelos policiais; um barraco abandonado e lotado de material de construção, a menos de um quarteirão onde ficava o cativeiro da criança seqüestrada. Anderson Roberto Alves, de 24 anos, o garçom Rodolfo Valentim Neto, de 19, e um menor de 17 anos, foram detidos no mesmo dia em que ocorreu o estouro do cativeiro. A loira, em depoimento ao delegado Walter Torres de Abreu, do 72º Distrito Policial, negou ter participado do crime.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.