Presa mulher acusada de aplicar golpes em BH

Uma mulher acusada de aplicar golpes em casas de classe média foi presa, na noite de ontem, na região do Barreiro, em Belo Horizonte, Minas Gerais. A polícia informou que Adriana Cardoso de Moura, de 32 anos, escolhia suas vítimas em anúncios de jornais. Segundo denúncias, ela se passava por empregada doméstica e, em seu primeiro dia de trabalho, roubava jóias e depois fugia. Adriana se apresentava com nomes diferentes e dava falsas referências, informou a Globo News. A polícia acredita que ela esteja envolvida em outros golpes, já que foi encontrado com ela um caderno com informações detalhadas sobre a rotina de 40 casas e apartamentos da região Sul de Belo Horizonte. Como não foi presa em flagrante, a falsa doméstica, que foi autuada por estelionato, teve de ser liberada depois de prestar depoimento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.