Presa quadrilha acusada de assaltar 120 caminhões

Caminhoneiros eram atraídos por moça que atuava como 'isca'; eles eram algemados e mantidos como reféns

Sandro Villar, especial para o Estado,

13 Outubro 2007 | 15h29

Policiais paranaenses prenderam na sexta-feira, 12, em um hotel de Regente Feijó (SP) quatro integrantes de uma quadrilha que nos últimos dois anos roubou cargas de 120 caminhões nos Estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo.   Foram presos Aparecido Fernandes da Costa, tido como o chefe do bando, Reginaldo Baptista de Castro, Anderson Júlio de Oliveira e Juliana Cassemiro da Silva. Os três homens são paranaenses e Juliana, de 19 anos, é paulista.   "Ela era usada como "isca" para atrair os caminhoneiros. Eles davam carona para a moça e logo em seguida os outros membros do bando paravam o caminhão e dominavam o motorista", explicou o delegado Carlos Daniel dos Reis, de Cascavel (PR).   O delegado contou que os caminhoneiros eram algemados e mantidos como reféns. A mulher foi levada para a cadeia feminina de Pirapozinho. Os outros três acusados estão presos no CDP (Centro de Detenção Provisória) de Caiuá, onde aguardam julgamento.

Mais conteúdo sobre:
quadrilha caminhões Estados

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.