Presa quadrilha acusada de roubar remédios no sul do País

Polícias do Departamento de Investigação Criminais (Deic) de Porto Alegre (RS) cumprem, desde a manhã desta terça-feira, mandados de prisão para desarticular uma quadrilha acusada de roubar carregamentos de remédios genéricos em caminhões e revendê-los em farmácias. O grupo, que contava com o apoio de funcionários de hospitais públicos, agia no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. O dinheiro do roubo era investido na compra de carros importados. A Polícia apreendeu uma frota avaliada em R$ 500 mil. Ao mesmo tempo, a operação foi iniciada em Içara, Joinville e Criciúma, cidades de Santa Catarina. Um empresário foi preso; com ele, a polícia encontrou lotes de medicamentos roubados de uma farmácia. Em Guaíba, no Rio Grande do Sul, a polícia prendeu um funcionário da Santa Casa acusado de desviar apara os criminosos, remédios no valor de até R$ 4 mil. Em Cachoeirinha, o dono de uma farmácia de manipulação também foi preso e dezenas de remédios recolhidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.