Presa quadrilha de golpes milionários em Curitiba

A polícia apresentou nesta segunda-feira cinco acusados de integrar uma quadrilha que utilizava carros de luxo para assaltar pessoas que deixavam bancos com grandes quantias de dinheiro. Segundo a polícia, o líder da chamada "quadrilha milionária" é o paulista Douglas de Araújo, de 24 anos, que já esteve preso em São Paulo por assalto. A quadrilha é acusada de, pelo menos, 35assaltos em Curitiba.Também foram detidos Caio José Furtado, 27 anos, Jéferson Andrade da Silva, 30, Nelson Luiz Guidolin Júnior, 37, e Willian Fernandes Diniz, 29. Outras pessoas também podem estar envolvidas.Com os detidos foram apreendidos oito carros, entre eles uma BMW e um Mercedes Benz, seis motos, 16 capacetes, aparelhos de celular, folhas de cheque preenchidas e quatro armas.Segundo o delegado do Centro de Operações Policiais Especiais, Luiz Carlos deOliveira, os assaltos eram cuidadosamente organizados. Um dos assaltantes sepassava por executivo e fazia movimentação bancária tendo acesso à tesouraria dobanco, de onde são retiradas grandes somas.Identificada a vítima, ele passava a informação para uma pessoa que estava do lado de fora da agência, que seguia o cliente para ver em qual veículo sairia, avisando um terceiro comparsa. Este, com uma quarta pessoa na garupa de uma moto, seguia a vítima e, no momento oportuno, realizava o assalto.Depois do assalto, uma quinta pessoa aparecia e seoferecia como testemunha do crime, com o intuito de descaracterizar alguns detalhes. As investigações tinham começado havia cerca de um ano, após a ocorrência de alguns crimes semelhantes. A elucidação do caso aconteceu porque algumas vítimas identificaram a pessoa que se oferecia como testemunha andando em uma BMW.

Agencia Estado,

17 de março de 2003 | 20h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.