Presa quadrilha especializada em roubo de caminhonetes no Paraná

A Polícia Federal e o Núcleo de Repressão a Crimes Econômicos(Nurce), da Secretaria de Segurança Pública do Paraná, prenderam cinco adultos e apreenderam dois adolescentes em Cascavel, no oeste do Paraná, acusados de integrar uma quadrilha especializada em roubo de caminhonetes importadas. De acordo com a polícia, os veículos eram levados ao Paraguai e trocados por armas e droga. Eles estariam movimentando cerca de R$ 1 milhão por mês, roubando pelo menos três carros por semana. "Eram extremamente violentos", disse o delegado do Nurce, Sérgio Inácio Sirino. "Os donos de caminhonetes eram seqüestrados, amordaçados e presos em pequenos cômodos, até que a quadrilha confirmasse que o carro já tinha sido entregue no Paraguai." A operação começou pela manhã, com o cumprimento de dois mandados de prisão temporária. Depois, foram presos em flagrante os outros acusados, autuados por porte ilegal de arma de uso restrito, formação de quadrilha e roubo qualificado com uso de violência. Estão na 15ª Subdivisão da Polícia Civil em Cascavel os líderes da quadrilha, Marinesi Chagas, de 23 anos, e Hilário Bergman, de 29 anos. Além de Luiz Henrique da Silva Ramires, de 20 anos, Franciele Baptista, 18, e Siderlei dos Santos Miranda. Os adolescentes, de 16 e 17 anos, estão à disposição do juizado específico. A polícia paraguaia procura os receptadores.

Agencia Estado,

07 Fevereiro 2006 | 18h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.