Presa quadrilha que extorquia comerciante no ABC

Três homens e uma mulher foram presos, no final da tarde de ontem, por agentes do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra), em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Os criminosos são acusados de extorquir um empresário dono da Fábrica de Móveis Santa Terezinha, situada no Jardim Silvina. Shirley Oliveira da Silva, 18 anos, Francisco Alzi de Souza Lemos, 21, Jebson Barbosa de Souza, 28, e Vágner Abraão, de 28, vinham cobrando de R$ 100 a R$ 500 da empresa, toda semana, após descobrirem que o empresário ajudava a comunidade carente com cestas-básicas.A equipe do delegado Paulo Henrique Barbosa Navarro rastreou ligações, fez campanas e deteve, além dos quatro criminosos, outras três pessoas, que continuam apenas como suspeitas. Na última semana, a quadrilha exigiu um Vectra da empresa. O carro foi dado. Ontem, a quadrilha acabou detida em posse do veículo. O delegado acredita que o bando já tenha feito inúmeras vítimas. O caso foi registrado na Delegacia Seccional de São Bernardo do Campo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.