AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Presa quadrilha que roubava peças de montadoras

Uma quadrilha que roubava peças genuínas de carros de montadoras foi presa na manhã desta quinta-feira em Taubaté, no Vale do Paraíba. O crime de roubo e receptação começou a ser investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Taubaté há seis meses a pedido da direção da fábrica Volkswagen do município.A empresa percebeu que estava sendo lesada e informou à polícia. A partir daí foram cerca de mil horas de gravações e investigações até a prisão da quadrilha. "Um esquema que envolve empresários de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro", afirmou o delegado Paulo Procópio. Segundo a polícia, funcionários da VW e de outras montadoras retiravam as peças das fábricas e repassavam os produtos para revendedoras dos três estados.No início da manhã foram presos os ex-funcionários Niel Ângelo de Oliveira e Eliton Ricardo Leite, em suas residências, nos bairros Estiva e Cecap. O outro acusado, Celso de Castro Silveiras, foi preso no condomínio de luxo Taubaté Village. Os três foram apontados como integrantes da quadrilha. Logo depois, os policiais foram até a casa do funcionário da VW Robson Eugênio da Silva, vulgo Jacaré, que também foi detido. Ele retirava as peças da fábrica.Ainda durante o flagrante, os policiais se dirigiram a um depósito de peças, onde foram encontradas centenas de peças de carros. Um dos proprietários da loja, que pediu para não ser identificado, negou o crime. Ele informou que todas as peças foram compradas legalmente e apresentou nota fiscal e documentos que comprovavam a comercialização. A Receita Federal foi chamada para verificar a procedências das notas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.