Presa quadrilha que usava aeroviário para transportar drogas

Após investigações, quatro pessoas acusadas de pertencer a uma quadrilha internacional de tráfico de drogas, que explorava uma rota entre Brasil e Alemanha, foram presas com 50 quilos de cocaína, na noite de sexta-feira por policiais federais no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, Guarulhos. De acordo com informações da Polícia Federal (PF), um dos detidos A.V.A, de 37 anos, é comissário de bordo da Varig. Ele foi preso em flagrante no Aeroporto de Cumbica, por volta das 18 horas, com 12 pacotes de cocaína escondidos na bagagem. Valendo-se da condição de funcionário de companhia aérea, ele embarcaria para Frankfurt, na Alemanha, para entregar a droga. O aeroviário faria sua sétima viagem para Frankfurt, onde chegava a receber US$ 3 mil por quilo de droga transportada, conforme a PF. Com a prisão, foram localizados também outros integrantes da quadrilha, um brasileiro de 46 anos, um chileno de 38 anos e um libanês de 49. Além da cocaína, possivelmente de origem boliviana, também foram apreendidos com a quadrilha quatro veículos, 200 mil euros e US$ 10 mil. Todos responderão pelos crimes de tráfico e associação ao tráfico internacional de drogas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.