Presidenciáveis fazem apenas sete promessas na semana do debate

Na semana do primeiro debate na TV, os candidatos à Presidência desaceleraram a agenda a fim de se preparar para o encontro. Afastados dos comícios e de grandes aglomerações, os presidenciáveis prometeram menos. Foram feitas, na semana passada, apenas sete novas promessas de campanha. Dilma Rousseff (PT) foi responsável por cinco delas. José Serra (PSDB) assumiu apenas dois novos compromissos. Já Marina Silva, não fez promessas.

, O Estado de S.Paulo

08 de agosto de 2010 | 00h00

Dilma foi a única candidata que trouxe uma proposta inédita no debate de quinta-feira: disse que irá criar, se eleita, 500 novas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) para a consulta com médicos especialistas.

O levantamento feito pelo Estado leva em consideração discursos, entrevistas e material divulgado nos sites.

PROMESSAS

José Serra

Universalizar a banda larga no País

Converter regiões pobres das grandes cidades em bairros

Dilma Rousseff

Criar uma rede nacional de treinamento de atletas, além de centros olímpicos nacionais

Elevar os investimentos em pesquisa e inovação de 1,34% do PIB para 1,8% até 2014

Implantar a Rede Cegonha, para tratamentos de mães e bebês com até um ano

Construir 500 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs)

Criar o ministério das Micro e Pequenas Empresas

Marina Silva

Não fez promessas na semana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.