Presidente da CET-Rio é detido ao multar carro da polícia

O presidente da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio), Justino Lopes, ficou detido nesta quarta-feira por algumas horas na Delegacia Fazendária da Polícia Federal, na zona portuária. Ele estava acompanhado de um soldado da Guarda Municipal, multando os carros que estavam em estacionamento irregular no centro da cidade, quando dois agentes da Polícia Federal deram ordem de prisão a Lopes e ao soldado. O motivo seria uma multa aplicada ao carro dos policiais, que, segundo o soldado, identificado como Isaías, não tinha inscrição de órgão público.Lopes e o soldado Isaías foram encaminhados até a Polícia Federal, onde foram autuados por desacato à autoridade e em seguida seriam liberados. A assessoria de imprensa da Guarda Municipal informou que essa operação de multar veículos em situação irregular é de rotina e que o carro dos agentes federais só tinha uma placa branca, o que não o isenta de multa. O fato ocorreu em frente à própria CET-Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.