Presidente do BC garante voto a Lula

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, não escondeu que seu voto foi para o presidente Lula. Mesmo assim, comentou que uma provável reeleição do atual presidente da República não significará sua recondução ao BC. "Ainda é muito prematuro", disse. Meirelles votou no Lyceu de Goiânia, tradicional colégio onde o presidente do BC fez seus estudos de 1º Grau (antigo Primário).O presidente do Banco Central também confirmou ter encaminhado o pedido de quebra do sigilo dos envolvidos com o dinheiro do dossiê encomendado pelo PT contra José Serra (PSDB). Meirelles garantiu que a economia do país está sob controle, assim como a dívida externa e a inflação. "O Brasil está crescendo, está gerando empregos e vai manter esse crescimento nos próximos anos", disse o presidente do BC.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.