Presidente do DEM não comenta acusações

Procurado pelo Estado, o presidente nacional do DEM, Rodrigo Maia, disse, por meio de sua assessoria, que não comentaria as afirmações de Durval Barbosa. O deputado Filipelli também se recusou a responder. "Ao Durval, só respondo via Justiça. Já entrei com uma queixa-crime e um processo por danos morais. A esse elemento, só posso responder assim", afirmou.

, O Estado de S.Paulo

28 de maio de 2010 | 00h00

O Estado tentou falar com ex-governador José Roberto Arruda, mas até o fechamento desta edição seu advogado, Nélio Machado, não havia respondido ao contato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.