Presidente do PT passa mal e não vai a caminhada no RS

Vítima de uma crise de hipertensão no fim da manhã de ontem, José Eduardo Dutra, presidente do PT e coordenador da campanha de Dilma Rousseff, não poderá participar da caminhada da petista pelas ruas do centro de Porto Alegre no primeiro dia de campanha oficial. De acordo com os médicos responsáveis pelo atendimento, João Poeys e Edmur Carlos de Araújo, do Hospital do Coração, em Brasília, Dutra apresentou "desconforto torácico associado a pico hipertensivo". Atendido na emergência e medicado, sua pressão voltou ao normal e os sintomas da crise passaram. Mas os médicos decidiram mantê-lo sob observação até hoje para realização de novo exame. Dutra lamentou não poder ir a Porto Alegre e disse que participará da caminhada com Dilma amanhã no centro de São Paulo. Hoje ele pretende ao menos ver o jogo entre Uruguai e Holanda pelas semifinais da Copa do Mundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.