Presidente do TJ revela nomeações secretas

AMAZONAS

, O Estado de S.Paulo

04 de julho de 2010 | 00h00

Cerca de 600 funcionários do TJ-AM ? contratados por atos secretos nos últimos dois anos, na gestão dos ex-presidentes Francisco Auzier e Domingos Chalub ? devem ser demitidos. Quem informa é o Sindicato dos Servidores do Judiciário, Auzier e Chalub não foram localizados pela reportagem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.