Presidente Lula lamenta perda de Maria Amélia

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou a morte de Maria Amélia Buarque de Hollanda. Em nota no blog do Planalto, Lula lembrou da última vez que se encontraram, em janeiro, na festa de 100 anos de Memélia.

, O Estado de S.Paulo

07 de maio de 2010 | 00h00

"Maria Amélia era uma pessoa que aliava ternura a firmeza, inteligência e preocupações sociais. Mesmo sendo filha de família tradicional, durante toda a vida lutou e apoiou as lutas pela liberdade e por uma sociedade mais igualitária. Juntamente com seu companheiro, o consagrado intelectual Sérgio Buarque de Holanda, foi uma das fundadoras do PT", diz. "Nas comemorações de seus 100 anos de idade, eu a encontrei, como sempre, lúcida e demonstrando estar ligada às questões que afetam nosso país e nosso povo."

Lula afirma que Memélia foi um modelo de integridade e de vida. "Para mim, foi muito doloroso receber a notícia de sua perda, uma vez que sempre tive muito orgulho de desfrutar de sua amizade. Neste momento difícil, de consternação, solidarizo-me com todos os seus filhos, parentes e amigos."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.