Presidiário morre em Pernambuco em meio a tumulto durante apagão

Blecaute atingiu oito Estados da região Nordeste do país

Solange Spigliatti, Central de Notícias

04 de fevereiro de 2011 | 16h08

SÃO PAULO - Um detento do presídio Professor Aníbal Bruno, em Recife, morreu e outro ficou ferido em um tumulto na noite desta quinta-feira, 3, durante o apagão que atingiu oito Estados da região Nordeste do país.

 

Veja também:

linkFalha em subestação de PE causou apagão, diz Chesf

linkNão temos causa definitiva do apagão no Nordeste, diz Lobão

 

O tumulto, segundo a Secretaria Executiva de Ressocialização, ocorreu das 23h30 às 2h, resultou na morte de um detento. Robert Taylor Rodrigues de Morais, de 20 anos, preso por assalto, matou Thiago Henrique Morais Silva, de 24 anos a golpes de faca artesanal, por volta das 23h45.

 

Já o reeducando Alexandre Gomes da Silva, de 33 anos, preso por peculato, ficou ferido e encontra-se no Hospital da Restauração. O agressor presta depoimento no DHPP. O presídio Prof. Aníbal Bruno tem capacidade para 1.448 reeducandos, e atualmente comporta 4.080.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.