Preso acusado da morte de menina durante assalto em Mauá

A polícia prendeu, na noite desta segunda-feira, 19, o acusado de disparar o tiro que matou a menina Vitória Gabrielli, de 3 anos, durante uma tentativa de assalto em Mauá, na ABC paulista.O acusado, identificado como João, foi preso por volta das 21h30, na casa de sua tia, em Mongaguá, no litoral sul do Estado. Dois dias após o caso, outros dois rapazes também foram presos suspeitos de ter ligação no crime. Os criminosos tentaram assaltar o tio da criança, o comerciante P.A.S.S., 26 anos, que chegava em casa, no dia 26 de fevereiro, na Avenida João Zaccarelli, no Jardim Salgueiro na cidade de Mauá. Ele teria corrido para dentro da garagem, enquanto seu pai, o aposentado J.S.S., 55 anos, que não sabia do roubo, abria a porta. O avô trazia Vitória no colo. Um dos bandidos atirou. A bala varou a porta de vidro, acertou a menina e ficou alojada na parede da sala. Os assaltantes fugiram a pé.

Agencia Estado,

20 de março de 2007 | 12h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.