Preso acusado de matar gerente de posto de gasolina

Foi preso hoje um dos acusados de matar o gerente de um posto de gasolina no último dia 9 de dezembro na zona norte da capital. Eduardo Frederico Lópes Ribeiro estava no carro usado no dia do crime, que foi filmado por uma câmara escondida. O gerente Marco Antônio Alves da Paz foi morto quando dois homens que desceram de um carro e foram em sua direção começaram a discutir. Um deles sacou um revólver e disparou vários tiros.Policiais ainda chegaram a socorrer Marco Antônio, que não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. Hoje um dos acusados foi preso e confessou ter atirado no gerente. Ele estava com o Monza, branco, usado no dia do crime. A polícia suspeita de vingança, uma vez que o gerente era o responsável por cobrar devedores do posto e também presenciou um outro crime no começo do ano no mesmo posto. Rogério Ferrari Carrilho, o outro acusado de matar o gerente, continua foragido, segundo a Rede Globo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.