Preso acusado de matar policial é executado em delegacia

O preso João Carlos Arcanjo dos Santos foi executado a tiros na noite de segunda-feira dentro do 19º Distrito Policial de Fortaleza. Três homens renderam o inspetor de polícia Plínio Bastos Cavalcanti, que estava sozinho na delegacia, e o obrigaram a tirar o preso.Santos havia sido preso pela manhã, acusado de ter matado, no domingo, o policial militar Francisco Valderi Carneiro Moreira. O PM teria tentado reagir a um assalto.Na ação, ele chegou a atingir um dos assaltantes, Matusalém Pereira que está internado no hospital e corre o risco de ficar paralítico. A polícia abriu inquérito e hoje ouviu quatro testemunhas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.