Preso acusado de matar policial rodoviário, em Cubatão

Preso, hoje, o Alemão acusado de matar o Policial Rodoviário Edmilson de Melo Barreto, no último dia 27 de junho, em Cubatão. O acusado Reginaldo aparecido Mendes, de 32 anos, o Alemão, foi preso pelo 1 Batalhão da 1 Cia da Polícia Rodoviária de São Bernardo do Campo, que patrulha o complexo Anchieta Imigrantes. O 2º Tenente da Corporação, César Rossignoli contou que às 9h30 da manhã recebeu uma denúncia anônima de que Alemãoestaria tomando lanche no Rancho da Pamonha, que fica na pista de subida da Rodovia Anchieta. A polícia foi até o local, mas o acusado já havia saído em direção a São Bernardo do Campo, onde mora atualmente.Os policiais começaram a vasculhar a Rodovia e avisaram o posto do pedágio, descrevendo o bandido e informando que eleutilizava uma moto verde. Quando os policiais do pedágio pediram para que ele parasse, Reginaldo suspeitou da operação e fugiu, inclusive furando as barreiras realizadas ao longo da pista pelos rodoviários. Para fugir do cerco, Alemão quis desviar pelo acostamento e mudar de pista pela passarela de pedestres, próximo ao KM 25do Sistema Anchieta Imigrantes, mas perdeu o controle da moto e caiu. Ainda, tentou escapar pela mata, mas logo foi detido pelos policiais.Reginaldo Mendes foi encaminhado ao 3 distrito de Cubatão. Segundo o delegado titular, Armando Prado de Lyra Neto, Alemão negou que fosse o autor da morte do policial Barreto , mas assumiu ser autor de outro homicídio, pelo qual já havia um mandado de prisão da 4 vara criminal da cidade, e já ter sido preso por tráfico de entorpecentes. Segundo o delegado, o chassis e o motor da moto estão com a numeração adulteradas. "Possivelmente, ela é fruto de roubo", A moto foi apreendida e vai passar por perícia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.