Preso acusado de vender dinamite no PR

A polícia de Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba, deteve na madrugada de hoje Alexsandro Leme, de 21 anos, acusado de furto e apropriação indébita de explosivos de uma pedreira na qual trabalha. Ele levou os policiais a um terreno dentro da pedreira, onde estavam enterrados 92 cartuchos de dinamite. A polícia está investigando se há envolvimento da empresa e os motivos do acondicionamento inadequado. A polícia chegou ao acusado após a detenção, pela Polícia Rodoviária Estadual, de um menor, por porte ilegal de arma. Ele tinha uma dinamite e informou quem lhe fornecia. Leme é acusado de vender o explosivo para outras empresas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.