Preso assaltante do metrô do Rio

O assaltante Rafael Gomes, o Gago, de 21 anos, foi preso na manhã desta qquinta-feira, no Morro do Zinco, no Centro do Rio. De acordo com a polícia, ele confessou a participação no assalto à estação de metrô São Francisco Zavier, em que a estudante Gabriel Prado Maia Ribeiro, de 14 anos, foi morta. Ele é o quarto integrante da quadrilha a ser preso. Carlos Eduardo Ramalho, o Nego, continua foragido. Gago estava numa casa do morro, quando foi surpreendido pelos policiais. Ele tinha 41 papelotes de cocaína e 20 trouxinhas de maconha.Gabriela foi morta em 25 de março, primeira vez em que teve permissão dos pais para sair sozinha de casa. Ela descia as escadas do metrô, quando os quatro assaltantes tentavam deixar a estação, depois de roubar a bilheteria. O inspetor de polícia Luiz Carlos Carvalho, que estava perto da menina, se deparou com os assaltantes e reagiu.Os criminosos revidaram e balearam Gabriela, que morreu no local. Carvalho e o policial civil do Distrito Federal Renato Lemos Naiff, atingido em frente à bilheteria, sobreviveram aos ferimentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.