Preso avô que engravidou neta no Rio de Janeiro

Homem de 70 anos foi indiciado por exploração sexual e pode ser condenado a até dez anos de prisão

Fábio Grellet - O Estado de S. Paulo,

21 de maio de 2012 | 18h49

RIO DE JANEIRO - Um homem de 70 anos, cujo nome é mantido em sigilo pela polícia, foi preso nesta segunda-feira, 21, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, acusado de engravidar a própria neta, que tem 17 anos. Ele foi indiciado por exploração sexual e pode ser condenado a até dez anos de prisão.

Segundo a adolescente, o avô a obrigava a manter relações sexuais com ele desde 2010. Os atos aconteciam no porão da casa do avô. Por cada relação ele pagava de R$ 20 a R$ 40. A menina engravidou e há sete meses deu à luz um menino que, segundo exame de DNA, é filho do avô. A vítima só contou o caso à família após engravidar.

Segundo a polícia, ela tinha medo da reação do avô. A prisão preventiva dele foi decretada pela Justiça depois que o exame de DNA comprovou a paternidade do bebê.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.