Preso casal acusado de torturar filho de 3 meses

A Justiça de Sorocaba determinou ontem a prisão temporária do borracheiro Ricardo da Silva Barbosa, de 36 anos, e de sua mulher, Telma Gonçalves Florêncio, de 27, acusados de torturar o próprio filho, de três meses. O crime aconteceu na madrugada do dia 13. Segundo a Polícia Civil, a mulher teria queimado a criança com cigarro. Como o bebê chorava muito, Ricardo jogou leite quente em seus pés. A criança está sob cuidados do Conselho Tutelar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.