Preso é encontrado morto em penitenciária de Taubaté

O detento Jean Pierre Ferreira dos Santos, de 26 anos, foi assassinado na madrugada de hoje, no Presídio Edgar Magalhães Noronha (Pemano), em Tremembé, no Vale do Paraíba. Transferido da penitenciária de Potim, município localizado na mesma região, o preso já havia passado pelo Pemano, de onde fugiu no ano passado. "Ele já era conhecido dos presos e pode ser que tinha algum desafeto com um grupo", afirmou o delegado que investiga o caso, Maurício Schimmelpfeng. Ele contou que esteve no local junto com a polícia técnica, mas que nenhum dos 32 presos do pavilhão onde ocorreu o assassinato se pronunciou. "É difícil saber alguma coisa onde impera a lei do silêncio". O corpo de Santos foi encontrado por agentes penitenciários na manhã de hoje. Segundo a polícia, ele morreu estrangulado e tinha cortes profundos nas coxas e nos joelhos. A polícia trabalha com a hipótese de briga entre facções criminosas. "Ainda não está nada comprovado, mas pode ser um dos motivos do assassinato". Segundo um funcionário do Pemano que não quis se identificar, vítima pertencia à facção Seita Satânica, e no presídio a maioria dos presos pertence ao PCC, o Primeiro Comando da Capital.

Agencia Estado,

08 de maio de 2002 | 17h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.