Preso em Brasília suposto membro de facção criminosa do Rio

Lucimar Inácio Filho teria duas empresas que forneceria celulares para criminosos, de acordo com a polícia

Elvis Pereira, estadao.com.br

05 de dezembro de 2008 | 14h56

Policiais da 17ª delegacia (São Cristóvão) do Rio, prenderam em Brasília o suposto traficante Lucimar Inácio Filho, acusado de integrar uma facção criminosa na capital fluminense. Segundo o inspetor Marco Antônio Carvalho, Inácio montou duas empresas no ramo de telefonia, em Brasília, de onde trazia aparelhos celulares para fornecer aos criminosos de sua facção. Ex-policial militar no Mato Grosso, Inácio Filho deverá chegar ao Aeroporto Santos Dumont, no centro da capital, na tarde desta sexta-feira, 5.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.