Preso ex-pastor acusado de roubar igrejas

O ex-pastor Valter Marques da Silva Júnior, de 24 anos, e três outros homens foram presos, em Duque de Caxias (Baixada Fluminense), acusados de formação de quadrilha especializada em assaltos a igrejas evangélicas.A investigação da polícia começou após dois pastores de igrejas do município terem sido assaltados de forma parecida, levantando a suspeita de que os assaltos foram praticados pelo mesmo grupo.A quadrilha, segundo a polícia, aproveitava os eventos para arrecadação de fundos da igreja para praticar o crime.O grupo aproveitava o conhecimento de Silva Júnior da rotina das igrejas para abordar o pastor e levar o dinheiro e as mercadorias arrecadadas.Depois de quase dois meses de investigação, os policiais identificaram o ex-pastor, que foi preso quando fazia transporte coletivo entre Bonsucesso (zona norte do Rio) e Nova Campina, distrito de Duque de Caxias.Uma equipe da polícia embarcou no carro que ele dirigia e lhe deu ordem de prisão no final do trajeto. Segundo a polícia, o ex-pastor confessou os assaltos e alegou motivo de vingança, por ter sido afastado de seu cargo de uma igreja evangélica.Ele apontou os outros integrantes da quadrilha - Edvando Barbosa Machado, de 28 anos, Victor Botelho Machado, 26, e Wellington dos Santos Silva, 21, que foram presos em seguida.Desde junho estão sendo registrados assaltos a pastores, mas só no final de setembro a polícia começou a trabalhar no caso.Os municípios de Teresópolis e São José do Vale do Rio Preto (ambos na região serrana) e Magé (Grande Rio) tiveram pastores e igrejas assaltados no mesmo dia, em 11 de novembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.