Preso foge da Casa de Custódia de Taubaté

Foi registrada hoje uma fuga da Casa de Custódia e Tratamento de Taubaté. O preso Luciano Ferreira da Silva, conhecido por Pernambuco, de 26 anos, serrou as grades da cela e conseguiu pular a muralha do presídio usando uma teresa (corda improvisada com cobertores) e de um gancho feito com madeira e ferro. A penitenciária é considerada uma das mais seguras do país.O detento estava na penitenciária desde o dia 20 de novembro, para passar por uma avaliação psiquiátrica. Silva foi preso no CDP (Centro de Detenção Provisória) da Independência, na capital. Ele cumpre pena por furto e homicídio. A assessoria de imprensa da Secretaria de Administração Penitenciária informou que a direção da Casa de Custódia vai abrir uma sindicância para apurar as responsabilidades pela fuga.A Casa de Custódia e Tratamento de Taubaté foi criada em 1955 para funcionar como manicômio judiciário. Somente em 1985, o anexo, atual RDD (Regime Disciplinar Diferenciado) foi construído para abrigar presos perigosos de todo o sistema carcerário brasileiro.

Agencia Estado,

24 de dezembro de 2002 | 13h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.