Preso francês acusado de tráfico internacional de drogas

O francês Vincent Pirello, 46 anos, acusado de tráfico internacional de drogas, foi preso na manhã desta quinta-feira em Vila Isabel, na zona norte do Rio. Ele estava foragido desde 2004 e vivia no Brasil havia dois anos, onde chegou com passaporte falso em nome de Jean Philippe Coll. De acordo com o delegado Wanderley Martins, coordenador da Interpol no Rio de Janeiro, Pirello havia sido condenado no Tribunal de Marseille a 6 anos de prisão e a pagar multa de 30 mil euros. "A quadrilha dele chegou a traficar duas toneladas de haxixe no eixo Espanha-França", afirmou o delegado. A droga seguia de caminhão para a França, onde era vendida a 2 mil euros. A Interpol e a Delegacia de Repressão a Entorpecentes chegaram a abrir inquérito para investigar se Pirello continuava a traficar no Brasil. "Nada ficou comprovado. Aparentemente ele não tinha profissão", afirmou Martins. Segundo informações levantadas pelos agentes da Interpol, Pirello vivia numa confortável casa de dois andares em Vila Isabel. Ele costumava sair pouco. Sua rotina incluía a ida diária a uma academia de ginástica, para onde se dirigia quando foi preso.

Agencia Estado,

12 Abril 2007 | 19h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.