Preso ginecologista por castração de crianças

O ginecologista Césio Flávio Caldas Brandão, condenado em Altamira (PA) a 56 anos de prisão por castrar crianças supostamente em rituais de magia negra, foi preso ontem na Operação Moloc, deflagrada pelo Ministério Público do Espírito Santo a pedido do Ministério Público do Pará. Ele foi preso em casa, quando chegava do trabalho, no Hospital Estadual São Lucas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.