Preso homem acusado de matar adolescente tatuador

A polícia civil prendeu o segurança Claudinei Aparecido Souza Assis, de 29 anos, acusado de matar um adolescente de 15 anos, no dia 3 de junho, na região de Parelheiros, zona sul de São Paulo. O rapaz foi morto por ter feito uma tatuagem no braço de um colega.O pai do adolescente tatuado, o comerciante Valdemar Gomes da Silva, de 43 anos, não teria aprovado o desenho e por isso mandou matar o menor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.