Preso homem que matou mulher em Diadema

Bebendo tranqüilamente em um bar da Rua Álvaro Alvim, 120, em São Bernardo do Campo, na região do ABC, pouco antes de 1h00 da madrugada deste sábado, Geraldo Fortunato da Silva, de 36 anos, foi surpreendido por um policial do 6º BPMM, após uma denuncia anônima. Na manhã de sexta-feira, ele teria assassinado com facadas sua ex-mulher, em Diadema, município vizinho.Ao chegar ao 2º DP de São Bernardo, constatou-se que Geraldo já era procurado pela polícia por outro crime de morte praticado anteriormente. Quanto ao homicídio mais recente, Fortunato confessou a autoria e revelou que viveu com a doméstica Quitéria Leite Cavalcante, de 43 anos, por sete anos. As brigas constantes e suspeita de infidelidade levaram à separação, há dois meses.Na sexta-feira pela manhã, quando Quitéria saía de casa para trabalhar, acompanhada de uma sobrinha e do companheiro atual, foi surpreendida por Geraldo que, de faca em punho, a golpeou várias vezes e fugiu. Ele foi reconhecido e, durante o dia, programas de TV exibiram sua fotografia. Reconhecido no bar em São Bernardo do Campo, foi denunciado por telefone. A delegada de plantão do 2º DP de São Bernardo o autuou em flagrante.

Agencia Estado,

03 de maio de 2003 | 06h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.