Preso irmão do líder do bando que seqüestrou Girz Aronson

Está preso desde as 22h desta quarta-feira, na sede da Divisão Anti-Seqüestro (DAS), em Higienópolis, região central da capital paulista, Alexandre Ciechanovicz, detido em Umuarama (PR) por agentes da DAS e do Setor de Investigações Gerais (SIG) de Sorocaba (SP).Alexandre foi encontrado quando fazia compras em um mercado na cidade paranaense. Uma investigação conjunta entre o DAS e o SIG culminou na prisão de Alexandre, acusado de integrar a quadrilha do seu tio, o seqüestrador Pedro Ciechanovicz, preso em fevereiro do ano passado.O bando já teria realizado pelo menos oito seqüestros; entre eles os dos empresários João Bertin e Girz Aronson, em setembro de 1998; e do diretor das Lojas Cem, Roberto Benito Júnior, de 35 anos, em outubro de 2001. Estima-se que a quadrilha tenha conseguido arrecadar R$ 2 milhões com os crimes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.