Preso mais um acusado de matar ex-diretor do Carandiru

O assaltante Robson José dos Santos, de 38 anos, foi preso esta manhã em Caraguatatuba, litoral norte paulista, acusado de participar do assassinato do ex-diretor da Casa de Custódia de Taubaté e da Casa de Detenção de São Paulo, José Ismael Pedrosa. O crime aconteceu no centro de Taubaté em outubro do ano passado. Santos estava escondido em uma casa no bairro Porto Novo e era foragido da penitenciária de Bauru, interior do Estado. Condenado por homicídio e assaltos, Santos faz parte da quadrilha do assaltante Marcos Silva, apelidado de Marcos Babão, preso no início de janeiro no Paraná. Babão teria dirigido um dos carros na emboscada contra Pedrosa e seria integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital. O assassinato teria sido encomendado pelo PCC, segundo investigação da própria polícia.Com a prisão de Santos, já são cinco os acusados presos da morte de José Ismael Pedrosa. Outras quatro pessoas já foram identificadas pela polícia e estão foragidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.