Preso mais um acusado de matar padre no interior de SP

Um dos acusados de matar o padre Wagner Rodolfo da Silva, em São José dos Campos, no interior de São Paulo, se entregou esta manhã à Polícia de Jacareí, no Vale do Paraíba. Lucas Diniz, de 21 anos, presta depoimento neste momento à Polícia Civil. Ele e o comparsa Michel de Brito, que está preso, teriam participado do assalto à casa paroquial no bairro de Santana, assassinado o padre Wagner e agredido um segundo pároco, que permanece internado. Outros três rapazes acusados de participação no crime já foram identificados, mas continuam foragidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.