Preso mais um advogado acusado de fraudar indenizações no RJ

Operação tem como objetivo, prender cerca de 20 profissionais de direito que falsificam procurações e ações de indenização

estadão.com.br,

29 Novembro 2011 | 14h34

SÃO PAULO - Outro advogado envolvido no esquema de fraudes de ações indenizatórias no Rio de Janeiro foi preso nesta terça-feira, 29, em continuidade à operação Em Causa Própria, que tem o objetivo de prender cerca de 20 advogados que falsificam procurações e ações de indenização. Ao menos outras quatro pessoas já foram detidas.

O advogado Leonardo Ferraz Cuerci, de 23 anos, foi localizado em sua residência, no bairro de Campo Grande, na zona oeste do Rio. Ele agia em parceria com os advogados Anderson Costa Gadelha e José Orisvaldo Brito, ambos presos na última quinta-feira, 24, durante a operação. Duas advogadas já haviam sido presas.

A quadrilha procurava nomes de pessoas que estavam no Serviço Nacional de Proteção ao Crédito (SPC) e na Serasa e abriam, sem que elas soubessem, uma ação indenizatória por danos morais, inclusive falsificando procurações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.