Preso mais um envolvido na guerra da Rocinha

A polícia prendeu mais um acusado de participação na morte da mineira Telma Veloso Pinto, assassinada no dia 9 na Avenida Niemeyer, ao tentar furar um bloqueio rodoviário montado por traficantes. Fábio Roberto dos Santos, o Binho, foi preso por policiais civis ao chegar a um apartamento em Botafogo, na zona sul da capital. Agentes da 15ª Delegacia Policial tinham chegado antes e já haviam prendido quatro outros homens. Com eles, foram apreendidos meio quilo de maconha e uma balança. Depois, apenas esperaram por Binho.Telma foi baleada ao tentar furar uma barreira montada por traficantes do morro do Vidigal na Avenida Niemeyer. A via margeia a favela e liga os bairros do Leblon e São Conrado. O objetivo dos criminosos era roubar carros para usá-los na invasão da favela da Rocinha. A mineira estava acompanhada do marido e três sobrinhos.No domingo passado, já tinha sido preso outro suspeito da morte de Telma, Pedro Artur Farias, o Cuca, também do Vidigal. A disputa pelos pontos de venda de drogas da Rocinha começou no dia 9 e resultou em pelo menos 12 mortes. Um dos mortos é o traficante Luciano Barbosa da Silva, o Lulu, que foi cercado numa casa por PMs do Batalhão de Operações Especiais da PM. Ele controlava o tráfico no bairro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.