Preso mais um participante de execução de policial

Policiais do Batalhão de Itaquera (39º BPMM) prenderam, na noite de sexta-feira, na Vila Progresso, zona leste da capital, Walter Pereira da Silva que é acusado de ter participado da execução do soldado PM Clemilton Marques de Oliveira, de 29 anos, ocorrido no dia 15 de janeiro, naquele mesmo bairro. O crime era de autoria desconhecida e está sendo investigado pela Equipe A/Leste do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa). Walter foi encaminhado àquele departamento e ficará á disposição da equipe para ser interrogado.O PM assassinado era lotado no 1º Batalhão de Choque da Polícia Militar e atuava na Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar). O crime aconteceu, no final da noite de um domingo, próximo à residência da vítima de sua casa. Clemilton estava à paisana, por encontrar-se de folga. Foi atingido por 12 tiros, seis deles na face, e morreu no PS do Hospital Planalto, 15 dias antes de completar 30 anos. A polícia apurou que seis pessoas participaram desse crime. Há cerca de uma semana foi preso Silas Antonio Martins Daniel. Com a prisão dos dois os agentes do DHPP acreditam identificarão mais facilmente aos demais envolvidos neste homicídios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.