Preso mais um suspeito da mutilação de comerciante

André Laurindo dos Santos, de 19 anos, o terceiro suspeito de ter assaltado e agredido violentamente o comerciante Alexandre Ribeiro Pereira, que teve as mãos quase decepadas, foi preso hoje. Policiais civis do 2º Distrito Policial, no Jardim São Domingos, identificaram o acusado, que se apresentou. A polícia pretende que Pereira, ainda internado no Hospital Estadual de Sumaré, faça o reconhecimento do agressor. O comerciante foi assaltado e agredido na última quarta-feira, dentro de seu bar, em Sumaré. Os ladrões usaram talhadeira, pé-de-cabra e facão de cortar cana para atacar a vítima, que teve traumatismo craniano e vários cortes pelo corpo. Dois assaltantes, Ricardo Luiz Marino Torres, de 20 anos, e Cléber Eduardo Magalhães, de 18 anos, foram presos em flagrante pela Guarda Municipal de Sumaré. Magalhães estava no interior do bar e Torres tentou fugir, mas quebrou a perna e foi alcançado. Um terceiro assaltante, que a polícia acredita ser Santos, estava foragido. Ele foi encaminhado para a Cadeia de Americana, onde cumprirá prisão temporária determinada pela Justiça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.