Preso na Paraíba suspeito de matar PM e mais um em assalto à lotérica em SP

Crime ocorreu em março deste ano, quando o policial teria tentado reagir ao roubo; ele apresentou documento falso antes de ser detido

Priscila Trindade, Central de Notícias

20 Abril 2011 | 10h44

SÃO PAULO - A polícia prendeu no início da manhã desta quarta-feira, 20, um homem de 23 anos, acusado de matar um sargento da Polícia Militar (PM) aposentado e um cliente durante um assalto a uma lotérica em São Paulo. O suspeito foi encontrado na casa de familiares, na Paraíba.

 

O crime aconteceu no dia 23 de março deste ano, em uma lotérica, localizada em Santo Amaro, zona sul da capital paulista. O sargento José Carlos Ribeiro, de 68 anos, e o pintor José Andrade de Sousa, de 60 anos, foram mortos a tiros após o acusado e seus dois comparsas roubarem R$ 600. O policial teria reagido ao assalto.

 

A PRF recebeu uma denuncia anônima informando que o suspeito estava escondido em um imóvel em um sítio localizado na cidade de Alhandra, na Região Metropolitana de João Pessoa. No momento da prisão, ele apresentou um documento de identidade falsificado em nome de outra pessoa. Questionado, o preso confessou ter comprado o documento por R$ 300 na capital paulista. A ocorrência foi encaminhada para a Central de Polícia de João Pessoa.

Mais conteúdo sobre:
lotérica pm assalto paraíba sp

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.