Preso outro acusado de assassinar o prefeito Celso Daniel

Foi preso na noite desta quinta-feira Jucelino da Costa Barros, 23, conhecido como "Cara de Gato", acusado de participar do assassinato do prefeito de Santo André, no ABC paulista, Celso Daniel, após seu seqüestro, no dia 18 de janeiro deste ano. A prisão do bandido foi confirmada pelos investigadores do 98º Distrito Policial, do Jardim Miriam, e por policiais militares da 2ª Companhia do 22º Batalhão. Policiais militares e civis chegaram a um bar na favela Pantanal, na zona sul de São Paulo, onde encontraram Jucelino. Nesta mesma favela, já havia sido encontrado, dias depois do assassinato de Celso Daniel, um cativeiro, onde estava um comprovante do plano de saúde da vítima, além de uma Blazer incendiada. "Cara de gato" era procurado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa(DHPP), para onde o bandido foi encaminhado logo após sua prisão. Jucelino já tem passagem na polícia por roubo e 3 portes ilegais de arma.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.