Preso outro suspeito da morte de segurança de Cabral

Mais um suspeito de envolvimento no assassinato do policial militar Guaraci de Oliveira Costa, segurança da família do governador do Estado, Sérgio Cabral Filho (PMDB) foi preso nesta quinta-feira, 12. Diego Rei Huhau foi detido na Rua Venâncio, via de acesso ao Morro Camarista Méier, na zona norte do Rio. Na terça-feira, 10, a polícia prendeu o primeiro suspeito de envolvimento no crime, Ricardo Martins da Silva, 26 anos, o Orelha, também na zona norte. O delegado Roberto Gomes, da 26.ª Delegacia de Polícia (Todos os Santos), informou que Silva confessou a participação no crime. O suspeito tem antecedentes criminais por roubo de carros e sua prisão foi decretada pela 20.ª Vara Criminal do Rio a pedido do delegado, depois que as investigações indicaram que ele era um dos criminosos envolvidos no caso. O PM Guaraci de Oliveira Costa, 28 anos, morreu na madrugada da segunda-feira, depois de ter sido baleado seis vezes, no Engenho de Dentro, bairro vizinho à Boca do Mato, por dois homens que estavam em uma kombi. Os bandidos o abordaram quando ele se dirigia para o trabalho em seu Pálio Weekend. Costa teria reagido a uma tentativa de assalto. O homem preso nesta terça-feira também teria sido baleado no tiroteio. Os criminosos levaram o carro e a pistola do PM. O Pálio foi encontrado, queimado, horas depois, em um matagal na Camarista Méier. Depois do episódio, Cabral Filho anunciou que pediria ao governo federal que tropas das Forças Armadas passassem a patrulhar as ruas do Rio.

Agencia Estado,

12 Abril 2007 | 17h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.