Preso punido por usar celular vai ao STJ

Um preso de São Paulo tentou, mas não conseguiu anular a decisão do Tribunal de Justiça que o penalizou por ter usado um telefone celular dentro do presídio. O detento havia sido surpreendido como aparelho e recebeu uma sanção disciplinar que tirou parte de seus benefícios. A defesa do preso alegou que houve constrangimento ilegal. Mas o vice-presidente do STJ, ministro Francisco Peçanha Martins, negou o pedido de liminar.

O Estadao de S.Paulo

07 Julho 2025 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.