Preso rapaz acusado de seqüestro em área de shopping de SP

Rolnei Avelino Leite, de 22 anos, foi detido hoje de madrugada, acusado de praticar seqüestros relâmpagos e estupros contra mulheres que freqüentam o Shopping Eldorado, na Avenida Rebouças, na zona oeste. Uma vítima, atacada no dia 11 de fevereiro, foi até a delegacia de Pinheiros e reconheceu Leite. Ainda hoje, o delegado César Camargo, plantonista do 14º DP, deve pedir a prisão preventiva do suspeito. Segundo a polícia, ele era procurado havia quase dois meses. Desde o início do ano, cerca de dez mulheres sofreram seqüestros relâmpagos nas imediações do Eldorado. Em todos os casos, as vítimas eram liberadas perto da Rodovia Raposo Tavares. Pelo menos por duas vezes, os crimes terminaram com estupro e atentado violento ao pudor. Em abril, policiais começaram a se aproximar de moradores e comerciantes da região, pedindo que denunciassem os suspeitos. Em maio, as denúncias começaram a ser feitas. Reconhecimento 100% Na sexta-feira, uma ligação anônima informava que o estuprador do shopping estava na Rua Afonso Vaz - uma travessa da Raposo Tavares, próximo do local onde as vítimas costumavam ser abandonadas. Leite foi encontrado na rua. Conversava com três amigos. O acusado foi logo reconhecido. Os quatro foram levados para o distrito de Pinheiros. A vítima do dia 11 de fevereiro foi chamada e, segundo a polícia, reconheceu até a voz do acusado. "Foi um reconhecimento 100%", informou o delegado César Camargo. Seus amigos foram liberados. Leite tinha em sua ficha criminal uma passagem por porte ilegal de armas. A polícia ainda recomenda cuidado nas imediações do shopping. Suspeita-se que Rolnei não seja o único criminoso. Neste ano, foram feitos dois retratos falados de seqüestradores da região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.