Preso segurança suspeito de atirar em adolescente em Ribeirão

A vítima, de 15 anos, atingido em uma boate na cidade, está em estado grave.

Guto Silveira e Priscila Andrade, O Estado de S. Paulo e Central de Notícias

23 Janeiro 2010 | 12h34

Policiais da Delegacia Investigações Gerais (DIG) prenderam na tarde deste sábado, 23, o segurança de uma boate suspeito de ter atirado em um adolescente de 15 anos, em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo.

 

O adolescente Edmar Lopes Júnior, 15 anos, levou um tiro na cabeça na madrugada deste sábado, 23, após uma briga em uma boate de Ribeirão Preto. A vítima está internada em estado grave na Santa Casa de Ribeirão. 

 

Segundo a polícia, teria ocorrido uma briga de moradores de dois bairros no interior da casa noturna e vários frequentadores foram retirados do local, por seguranças. Mas eles tentaram voltar.

 

Para tentar impedir a entrada, o segurança teria disparado dois tiros, um para o ar e o que acertou a cabeça do adolescente.

 

A mãe de Edmar, Andréa Lopes, disse a uma emissora de rádio que o filho já foi ao local pelo menos quatro vezes e que ele não teve participação na briga.

 

Atualizado às 18h com novas informações

Mais conteúdo sobre:
Segurança adolescente atira

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.